<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, maio 26, 2003

 
Casa VIP

A profusão de VIPs no processo Casa Pia confunde-me. Exceptuando o Bibi, todas aquelas figuras são mais adequadas à Olá ou à Caras do que ao 24 Horas ou ao Jornal do Crime. Será que no meio desta pia confusão não serão presos ou indiciados um qualquer desconhecido Sr. Silva, pequeno comerciante, um anónimo Sr. Pereira, pequeno industrial, ou um qualquer Sr. Martins funcionário público?

Esta exclusividade é anti-estatística e ajuda a alimentar as teorias da conspiração. Já ouvi várias e a última envolve grandes guerras entre lojas maçónicas. Uma conspiração atí­pica. Terrível cabala. Ou, como dizia um conhecido polí­tico, uma grande urdidura.

Acho que se pode resumir assim: é uma grandecí­ssima urdidura cabalí­stico-conspirativa.


Fim de Página