<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, agosto 28, 2003

  No link, no forward

Anda por aí um blogue panfletário que está a fazer sucesso e que, aparentemente, descreve a famosa teoria da cabala. Descobri-o no dia em que nasceu porque estava em cima da lista do frescos e, como bom português, li-o de uma ponta a outra e não o divulguei. Um director de uma empresa que aprendi a muito respeitar usava uma máxima que adoptei: "Papel não assinado, assunto encerrado."

Hoje recebi o panfleto, enviado por e-mail, com o comentário de um bom amigo militante rosa: 'Estás a ver, eu não te disse que eram estes? Agora é que as coisas vão aquecer, ehehehe.'

De repente, muitos que não acreditaram nas razões dos juízes, estão agora predispostos a aceitar de braços abertos acusações tenebrosas feitas por desconhecidos de cara tapada. Um simples vislumbre de reconfortante vingança e, num minuto, esquecem-se princípios éticos construídos ao longo de uma vida.

No jaquinzinhos, a atitude a tomar só pode ser uma. No link, no forward.

Fim de Página