<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, janeiro 28, 2004

  Outra vez.

Dois dias depois da morte em directo na TV, um novo choque. Um colega de trabalho, daqueles com quem conversamos todos os dias, com quem desenvolvemos projectos, com quem passamos horas perdidas em reuniões e com quem partilhamos muitas vezes a hora de almoço, desapareceu. Tal como a Feher, foi o coração que o traiu muito antes do tempo em que estas coisas se tornam compreensíveis.

C. era um amante de fotografia e disse-me que gostava particularmente desta imagem.

Para o C. Descansa em paz.



Fim de Página