<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, março 22, 2004

  Felicidade

“...devemo-nos alegrar quando morre um hijo de puta.” (Luís Sepúlveda, referindo-se às mortes de Salazar e Franco).

Hoje, é um dia feliz para Sepúlveda.

Fim de Página