<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, março 18, 2004

  TVI - Exclusivo

Repórteres da TVI conseguiram o milagre de trazer uns sacos de Espanha para Portugal sem ninguém os chatear. Dificuldade extrema. A operação foi organizada em 2 partes, cada uma delas minunciosamente preparada por um conjunto de peritos em operações especiais.

A primaira fase consistia em pôr uma mochila na mala do carro. Dentro da mochila, um telemóvel de brincar amarrado a umas plasticinas com fios eléctricos. Um cuidadoso manuseamento destes utensílios permitiu concluir com enorme sucesso esta primeira fase. Instalada a mochila na mala do carro, deu-se início à parte mais crítica da operação. Vir para Portugal.

Os procedimentos utilizados para concretizar este objectivo demonstram o engenho dos repórteres. Com efeito, até hoje nunca ninguém tinha conduzido um Renault Megane de Sevilha para Vila Real de Santo António com uma mochila na bagageira. Um feito espantoso. O início da temerosa viagem incluiu uma paragem num centro comercial, onde os repórteres enfrentaram com grave risco para a sua vida um operador de um parque de estacionamento, a quem foram obrigados a pagar cerca de 1 euro. Fizeram-se então à estrada e, acreditem ou não, apesar da dificuldade da missão e das inúmeras vicissitudes que sempre aparecem ao circular numa autoestrada, os repórteres da TVI conseguiram levar a bom porto os seus intentos.

Manuela Moura Guedes, com a grave expressão que a caracteriza sempre que as notícias são exclusivos nacionais, concluiu: se fosse uma bomba, já cá estava.

Perante tamanha demonstração de clarividência e inovação da TVI, resta-me fazer o único comentário que sei que está perfeitamente ao nível da inteligência demonstrada por esta engenhosa equipa: Dah.

Fim de Página