<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, abril 26, 2004

  Oh, a Albânia, esse país próspero e livre...

Veja-se este espantoso requerimento do deputado da UDP à Assembleia Constituinte em 1975:

Requerimento

1) Considerando que Portugal tem que avançar decididamente numa política de independência nacional, para o que a aliança com os países do Terceiro Mundo é uma questão fundamental, como já têm reconhecido alguns elementos do MFA;
2) Considerando que à frente da luta dos países do Terceiro Mundo pela independência nacional e pela paz se encontram a República Popular da China e a República Popular da Albânia;
3) Considerando o apoio que esses dois países têm dado a vários povos com a sua política de internacionalismo proletário e de não intromissão nos assuntos dos outros países;
4) Considerando a gloriosa e heróica luta travada pelo povo albanês, que, sob a direcção do Partido do Trabalho da Albânia e da Frente Democrática, derrotaram o fascismo, varrendo o capitalismo, e travaram uma dura luta contra a miséria do povo, transformando a Albânia num país próspero e independente;
5) Considerando que logo a seguir ao 25 de Abril o Governo estabeleceu apressadamente relações diplomáticas com o governo da União Soviética e dos países que estão sob a influência da política expansionista de Brejnev;
6) Considerando os mais variados exemplos de entreajuda dados pelos povos do Terceiro Mundo, e mais em particular o recente apoio prestado pela China à República Popular de Moçambique, que se traduziu num empréstimo de 1 500 000 contos, sem juros, e só reembolsável a partir de 1990;
7) Considerando que a política do governo fascista de constante ultraje ao povo chinês e ao povo albanês, obriga a que seja o Governo Português a, energicamente, tomar ele a iniciativa de estabelecer contactos com esses países;
8) Considerando que numa política de aproximação com o Terceiro Mundo é intolerável que um membro do Governo, o Dr. Mário Soares, fale do perigo da 'albanização' em Portugal, atacando assim o povo albanês e a sua forma de poder - a Democracia Popular;
A União Democrática Popular requer que o Governo informe sobre:
1) Esforços desenvolvidos e contactos havidos com a República Popular da China com vista ao estabelecimento de relações diplomáticas.
2) Esforços desenvolvidos e contactos havidos com a República Popular da Albânia com vista ao estabelecimento de relações diplomáticas.
3) Qual o sector do Ministério dos Negócios Estrangeiros encarregado destes assuntos.
4) Passos já tomados e estado actual dos contactos.
5) Lista dos países com os quais Portugal actualmente mantém relações diplomáticas.

Américo dos Reis Duarte
Deputado da UDP na Assembleia Constituinte em 5 de Julho de 1975


Eram assim as bloquices barnabeanas do pós-25, antes de 30 anos de evolução.

Fim de Página