<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, junho 03, 2004

  Europa vs EUA

Leio no Intermitente as conclusões de um estudo da Timbro.

"If the European Union were a state in the USA it would belong to the poorest group of states. France, Italy, Great Britain and Germany have lower GDP per capita than all but four of the states in the United States. In fact, GDP per capita is lower in the vast majority of the EU-countries (EU 15) than in most of the individual American states. This puts Europeans at a level of prosperity on par with states such as Arkansas, Mississippi and West Virginia. Only the miniscule country of Luxembourg has higher per capita GDP than the average state in the USA. The results of the new study represent a grave critique of European economic policy."

Nada que não se soubesse. Ontem assisti na BBC a uma debate/entrevista cruzada entre um verde europeu e um qualquer comentarista americano. O tema era o consumo de combustível. O europeu afirmava que na América os carros são menos eficientes, consomem mais combustível e que a Europa é mais eco-conscenciosa. O comentador americano não aceitava tal opinião. Dizia ele que há muitos carros que são iguais nos EUA e na Europa, mas a principal explicação para as diferenças entre o carro médio americano e o carro médio europeu está no gap de nível de vida entre os dois lados. Os americanos são muito mais ricos que os europeus e os carros e os combustíveis pagam menos impostos. Outro argumento que utilizou é que a viagem média americana é mais longa (as distâncias são grandes) e também por isso escolhem carros de maiores dimensões.

Perante a oposição do europeu e da jornalista, que se referia depreciativamente aos carros americanos como "gaz guzzlers", o americano insistia. O PIBpc americano é muito superior ao europeu e a diferença continua a acentuar-se. A família média americana é mais numerosa e há muito mais famílias com 4 filhos ou mais, o que também é explicável pela disponibilidade de rendimentos. As famílias grande explicam também porque é que a quota de monovolumes é significativamente superior nos EUA. Por todos esses motivos os consumos médios dos veículos americanos são maiores.

A Renault anunciou recentemente um carro económico para ser vendido apenas em mercados emergentes e que custará apenas 5.000 euros. Este veículo não será comercializado nos EUA.

Fim de Página