<$BlogRSDUrl$>

sábado, julho 24, 2004

  Einstein

5 da madrugada. O burro passeava pela estrada em livre escapada nocturna. A GNR chegou e explicou: o burro é do homem do talho e fugiu. O homem do talho tem burros? Preocupante.

Pediu-nos o GNR: "Podemos deixar aí o jerico, até que o dono o venha buscar?" Está bem.

Amarrou-se o burro ao poste. Perguntei-lhe "3 vezes 5?" Não respondeu. Apesar da ignorância foi baptizado de Einstein. Até é bom que ele não pense muito. A pensar morreu um burro.

Não deve ser bicho novo. Tentei ensinar-lhe línguas e não aprendeu. Ainda não sei a cor do bicho quando foge. Ainda não lhe dei pão-de-ló. Na fotografia o Einstein está com as orelhas baixas mas garanto-vos que o fotógrafo estava calado.

Sócrates, Soares e Alegre que se ponham a pau. Perguntei-lhe se era candidato à liderança do PS. O burrico não confirma mas também não desmente.

São quase 11:00 e o talhante ainda não o veio buscar.


Einstein, Vale da Asseca, Tavira, há uma hora.

Fim de Página