<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, setembro 29, 2004

  Justiça Exemplar (2)

O primeiro post com este título foi mal-recebido por alguns leitores. Justifica-se um pequeno esclarecimento adicional. Claro que o jovem que amaricou o carro e foi fazer corridas ilegais para Palmela, matando 3 espectadores voluntários das acrobacias do volante deve ser condenado pelo acto.

Também é claro que o jovem não cometeu nenhum homicídio voluntário.

Na minha interpretação distanciada e sem conhecimentos jurídicos, o que 'li' foi mais uma opção pela 'justiça exemplar'. Aquilo que a populaça sempre pede: penas exemplares, que é para os outros verem. O que se exije da justiça é apenas o cumprimento da lei. Se não estamos de acordo com as leis, é aos eleitos que podemos e devemos exigir leis diferentes.

A justiça não deve ser exemplar. Apenas justa.

(Sobre este tema, ler Paulo Gorjão e Pedro Sá)

Fim de Página