<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, setembro 13, 2004

  Saúde Pública

Via Intermitente

Elias, um menino de 4 anos vive na Suécia, em Jämtland. Elias é surdo dos dois ouvidos desde a nascença. O sistema de saúde pública local paga um implante para um dos ouvidos do menino. Os pais querem implantes nos dois ouvidos. O que podem fazer? Johan Norberg conta no seu blog: nada. Ninguém pode obter ajuda extraordinária do sistema de saúde pública, com ou sem pagamentos... E uma vez que os implantes auditivos são pagos pelo estado, não há lugar para o mercado privado do serviço de saúde.

Contaram-me há algum tempo uma história semelhante. Vendo-a pelo mesmo preço que a comprei:

O sistema de saúde sueco fornece 'gratuitamente' próteses às vítimas de acidentes de viação, quando a responsabilidade não pode ser atribuída às companhias de seguros. Um cidadão soube que nos EUA existiam alternativas mais avançadas (com recurso a electrónica) que lhe permitiriam uma vida mais independente. Propôs-se encomendar o modelo mais evoluído pagando a diferença. Não era possível. Não só o sistema sueco não permitia a escolha ao cidadão, como o preço de referência da prótese local era superior à do modelo americano mais avançado. A única solução para o cidadão em causa era ir aos EUA e pagar tudo do seu bolso, sem qualquer apoio do sistema que ajudava a pagar com os seus altíssimos impostos...

Fim de Página