<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, outubro 11, 2004

  Anda Tudo Doido




Primeiro foi um antigo jornalista do Expresso a excitar-se. Confesso que não contive o sorriso quando ouvi Joaquim Vieira falar no caso Marcelo como o maior atentado à liberdade de expressão em Portugal desde o 25 de Abril.

Hoje fiquei um pouco mais aparvalhado. Até tinha em boa conta o candidato a bastonário da Ordem dos Advogados António Marinho.

Coincidências várias puseram-me em frente a um ecrã durante um daqueles programas da manhã que as televisões transmitem para as donas de casa. O Dr. Marinho estava a exercer um comentário sem contraditório. Foi tamanho o chorrilho de disparates que o senhor transmitiu sobre censura, liberdade de imprensa, liberdade de expressão, poder económico, concentração na imprensa que nem sei como qualificá-lo. Talvez como Anacleto.

Caro Dr. Marinho:

1. O senhor pode dizer as barbaridades que quiser e ninguém o prende, como pode constatar pela sua intervenção de hoje. E embora possa parecer, não é certamente por questões de inimputalilidade.

2. O Dr.Marcelo só não fala porque não quer.

3. Os donos dos jornais têm o direito de decidir sobre os conteúdos dos mesmos. Se eu fosse dono de um canal de televisão e tivesse ouvido a sua intervenção de hoje, despedia-o.

4. O senhor pode abrir o seu jornal livremente e debitar cá para fora tudo o que quiser e atá aposto que há por aí meia dúzia de malucos dispostos a comprá-lo.

5. O senhor confunde liberdade de expressão com o direito de utilização de meios privados para transmitir uma opinião. Exemplificando: só escreve no seu site quem o senhor quiser.

6. Se o senhor não quer que eu dê a minha opinião no seu site, não me está a censurar. Eu também não o deixo escrever no meu blog (o jaquiniznhos ainda tem alguma dignidade) e não o estou a censurar.

7. Em Potugal existe, felizmente, liberdade de expressão. Em Portugal tanto os ministros, como os antigos directores de jornais têm o direito inalienável ao disparate público. Os candidatos a bastonários também.

Fim de Página