<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, dezembro 10, 2004

  A Foto é Falsa?

No Acidental, Luciano Amaral linkou uma fotografia de George Bush. Um leitor do blogue enviou-lhe em e-mail chamando a atenção para uma possível falsificação da imagem:
"A foto de G. Bush é uma falsificação do ponto de vista da técnica fotográfica.Há dois níveis de profundidade de campo: o presidente e a multidão.G. Bush está focado, tudo o resto desfocado. Tal não é nunca possível, sem recorrer a processamento posterior. A imagem correspondente à assistência está toda desfocada em igual nível. Se a foto fosse "real" (a foto original) toda a assistência à mesma distância de Bush estaria focada e o desfoque aumentava à medida que os respectivos planos se afastassem ou aproximassem do presidente. A verdade é que tudo o que não é Bush está desfocado em igual grau."
Permitam-me discordar. A foto é perfeitamente plausível e quase certamente real. A foto foi feita com uma teleobjectiva, grande abertura e consequente baixa profundidade de campo, isolando o sujeito e desfocando a multidão que está tanto atrás como à frente do presidente. Dando o exemplo com a régua da imagem do lado, Bush estaria no "4", a multidão por trás atrás no "8" e a multidão á frente de Bush no "0".

'Façamos um supônhamos'. Recorrendo a uma calculadora de Profundidade de Campo, e supondo que o autor usou uma Canon 20D com uma lente de 400mm e à abertura de 4,5, apenas estariam em foco os sujeitos situados de 14,9 a 15,1 metros do fotógrafo. Foi algo do género que aconteceu nesta foto. E até é fácil perceber que não é falsificação vendo as outras fotos do mesmo autor feitas no mesmo local.

Fim de Página