<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, dezembro 02, 2004

  Urgências - parte 1

A Anacom custou...

...em 1994, 16 milhões de euros.
...em 1995, 18 milhões de euros.
...em 1996, 22 milhões de euros.
...em 1997, 23 milhões de euros.
... em 1998, 31 milhões de euros.
... em 1999, 32 milhões de euros.
... em 2000, 31 milhoes de euros.
... em 2001, 38 milhões de euros.
... em 2002, 40 milhões de euros.
... em 2003, 45 milhões de euros.

O cresimento dos custos é superior a 12% ao ano (e mais de 15% a.a durante o guterrismo).

A Anacom ainda custa mais 30 milhões à economia, através dos lucros da prestação de serviços de regulação, que não são mais do que um imposto escondido entregue directamente por quem é regulado à entidade que detém o monopólio da regulação.

A Anacon não sabe o que é uma crise. A Anacon faz parte do monstro.

Fim de Página