<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, março 04, 2005

  O Homem Quem Pensou Não Sei o Quê

EPC promove MMC. Os intelectuais da cultura do subsídio sempre se entenderam muito bem entre eles.

Manuel Maria Carrilho já demonstrou ser um excelente gerador de ideias de aplicação do dinheiro dos outros. Hoje, no Público, Eduardo Prado Coelho sugere que o marido da Bárbara Guimarães seria também um grande candidato à Câmara de Lisboa, porque tem ideias. E demonstra:

«Manuel Maria Carrilho há muito que vem reflectindo sobre a cidade em geral e Lisboa em particular. Veja-se o seu livro mais recente: "Lisboa precisa de cortar com a terceira-mundialização que a ameaça, precisa de um projecto ousado que aposte em todo o potencial do "secreto rebrilhar" de que falava Sofia, de um projecto verdadeiramente cosmoplita na sua forma e nas suas intenções, de um projecto que destaque uma direcção, que defina novas ambições e que especifique objectivos mobilizadores para a cidade" (in "O Impasse Português")»
Ah, pois. Traz-nos à memória o sketch que deu em anúncio do Montepio.

Fim de Página