<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, maio 16, 2005

  Sócrates Personifica Blair(*)

«O primeiro-ministro manifestou, esta segunda-feira, a sua preocupação com o estado das contas públicas portuguesas, depois da declaração proferida sábado, pelo Governador do Banco de Portugal. Ainda assim, diz que é cedo para se avançar qualquer medida.»

Sócrates simula o desenterrar da cabeça da areia para disfarçar o anúncio de que só agora viu o que já toda a gente sabia. Para a semana vai mostrar-se surpreendido e lamentar-se por ser obrigado a aumentar os impostos por causa das conclusões do relatório Constâncio.

(*) Essa Avestruz.


Fim de Página