<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, junho 20, 2005

  Há um Boi À Frente do Nariz do Timóteo

Escreveu Timshel:

«Como pode um liberal praticar a caridade? Ao dar esmola está, nos termos do seu credo liberal, apenas a alimentar a incompetência e o desperdício de recursos».
Dar esmola, ajudar quem necessita, praticar um acto de caridade, deve ser uma opção livre, não imposta, resultado de um julgamento que cada um faz na sua própria consciência. Parece-me absolutamente evidente a superioridade moral da esmola que o liberal B dá a C quando comparada com a esmola fruto da caridade nacionalizada em que o socialista A tira a B para praticar a caridade com C.

Até porque, no segundo caso, 80% da esmola servirá para pagar o salário de A e custos administrativos. E B terá escassas hipóteses. Os principais candidatos à esmola serão D que não precisa mas suborna A, E que trabalha nas feiras mas não declara, F que é duma etnia minoritária nómada, G que é primo da empregada doméstica da assistente social, H que só vai procurar trabalho quando não encontrar mais esmolas, I que durante muitos anos fez recados para o partido ou J que já percebeu os truques todos para ficar à frente na lista das ajudas.

Sobre este assunto, também se escreveu no Blasfémias e no Insurgente.

Fim de Página